Você é a graça da sua própria vida.

15/05/2019

Não quero mais ser a mesma pessoa. A pessoa que reclama de coisas pequenas, que se dói por coisa pouca, que se autossabota por ansiedade. Estou cansada de estar cansada, de não aproveitar minha casa, o final do meu dia e os momentos mais oportunos para viver o que tem valor.
Quando eu estiver com preguiça, só quero me lembrar do tempo que eu torcia dia após dia pra ter a vida que eu tenho hoje. A gente sempre anseia por mais né? Sempre tem alguma coisa latejando na sua mente e dizendo que você será feliz quando tiver aquilo que você não tem, mesmo sem questionar se tal coisa faz mesmo sentido pra você. Sempre que olho em volta eu me autorrepreendo por não agir com mais gratidão com as coisas que eu já conquistei. Achar que sempre precisamos de algo, nos faz ter a sensação de que não temos nada, assim, nunca aproveitaremos as coisas boas que já existem na nossa vida. Buscar amigos melhores, te faz não reconhecer o quanto os seus já são bons; almejar uma decoração escandinava do instagram, te faz não aproveitar o ambiente que é o seu lar; se comparar aos padrões de beleza que a sociedade insiste em criar, só te faz não perceber o quanto que a tua beleza é cativante.
É muito bom não sermos iguais. É muito bom agarrar tudo que está proposto. Vou me concentrar em usufruir tanto o momento de ir comprar pão de manhã, quanto à proposta de um passeio legal no final de semana. Vou buscar minha melhor versão, sem me preocupar com rótulo. Me dedicar a ser a melhor profissional que eu puder ser. A ser coerente, sem me cobrar; a pensar antes de falar; a questionar, em vez de julgar; a cuidar de cada coisinha que eu já tenho como se elas fossem únicas, porque elas são.
Dedique seu tempo pesteando um pouco mais de atenção em você mesma e descubra o quanto é legal ser você, em vez de tentar ser como acha as pessoas gostariam que fosse. É importante se orgulhar de quem você já é, sobre qualquer coisa. Sobre seu caráter, sobre seu cabelo, sobre sua inteligência e seu peso. Sonhar é bom também, mas caminhar com pés firmes na realidade que você já tem é o que te leva adiante.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e até a próxima!