Depressão e Deus

27/03/2019



Eu já fui uma pessoa deprimida, às vezes sinto que meu semblante nunca voltou ao normal, mas acredite, já foi bem pior. A depressão começa com uma tristeza profunda em algum momento em que ocorre uma situação de verdadeiro desconforto. É uma tristeza diferente, que vai ficando mais frequente, presente, até parecer que ela não vai mais embora. Na melhor das hipóteses, você faz as coisas com aquilo no peito, quando consegue fazer, porque muitas vezes não tem nem força pra isso.

Então você começa a se perder, a se deixar ir, de pouco em pouco você vai sumindo no meio da multidão, até mesmo da sua própria vida. Chega uma hora que você faz questão de sumir, começa a se guardar, não sente prazer perto dos outros e nem na solidão, ou simplesmente não sente nada. Então você sente que perdeu tudo, sente o peso de não ver graça na vida e se você não tiver ajuda, você cai, porque esse sentimento te puxa depressa.

É difícil sentir que seu papel na vida não é relevante, que sua presença não é relevante, que os seus amigos vivem muito bem sem você e que você não é uma peça significativa na sua família. É claro que tudo isso não é verdade, mas a depressão te faz sentir todas essas mentiras. Torna elas tão reais, tal qual aquele pesadelo que você não consegue acordar, a diferença é que você está acordado.

Eu me sentia assim com muita frequência, mas meu pensamento começou a mudar a partir do momento em que eu li “Mateus 5”, onde diz que para Deus nós somos a graça do mundo, nós damos sentido e caminho a tudo que Ele criou e tudo que fazemos é importante.

E se tudo que fazemos é importante, imagine aquilo que fazemos de bom e fazemos com amor. Ainda que você ache que ninguém perceba, que as pessoas que você gostaria não reconheçam, você nem faz ideia o quanto algo que você faz só por gostar pode movimentar a vida de alguém. Não são números, são vidas. Consegue perceber a grandiosidade disso? Uma única vida tendo o poder de dar sentido à outras vidas, nem que seja por alguns instantes é uma dádiva.

“Brilhe do mesmo modo a luz de vocês diante das pessoas, para que elas vejam as boas obras que vocês fazem” (Mt 5: 16)

Eu gostaria muito, muito, muito que esse texto pudesse te repassar algum conforto no momento em que você estiver se sentindo frágil. Pode parecer, mas você não está só. Tem alguém que está ansioso para ver suas atitudes, sua coragem, suas realizações e sua alegria. Só não pare.


Comentários
1 Comentários

1 :

  1. Que texto maravilhoso e necessário. Cada pessoa encontra seu conforto em algo; seja religião, arte, espiritualidade, sonhos... Já tive momentos de desespero e tristeza, meses em que eu não conseguia fazer nada além de olhar para a vida com desdém e indiferença; e lembrar disso é triste. Mas me faz ver como somos frágeis e, ao mesmo tempo, fortes.
    Descobri através da meditação e da observação da mente que dentro de mim existe um mundo. E ele me basta, e através de todas essas descobertas, percebi como terapias holísticas fazem a diferença.
    Gratidão por compartilhar um conteúdo tão legal! <3
    Com carinho, Nina.
    www.ocaminhoverde.com
    www.entremcc.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!