Cuidado com as exceções

07/03/2018


Uma incrível maneira de tornar a nossa vida mais próspera e feliz é ter bons hábitos. Só que adquirir hábitos bons para nossa vida nem sempre parece tão simples, a gente às vezes nem sabe por onde começar, mas eu vou te contar o segredo de porquê a felicidade está nas coisas mais simples.

Vamos supor que você tem uma pia cheia de louças, você costuma lavar as louças com frequência ou deixa pra depois? O deixar pra depois é uma coisa que devemos ter muito cuidado. Deve ser uma exceção, e não tornar-se um hábito. Imagina que você estava com preguiça, ou com vontade de fazer alguma outra coisa naquele momento e abre uma exceção pra louça suja na pia. Ok. Só que no dia seguinte também. E no outro. E no outro. No final da semana como a sua pia vai estar?

Então você vai chegar e se deparar com bagunça e sujeira e vai se sentir tão poluído quanto a sua pia. Assim acontece na nossa vida.  Às vezes a gente abre exceção pra ser rude, afinal, todo mundo tem um dia de estresse. Outra vez a gente abre exceção dos nossos estudos, está cansativo demais. Só que o problema das exceções é que elas viciam, e então você vai colecionando uma série de episódios sendo uma coisa que você não é.

Por isso, sempre repense com cuidado as exceções que você se dá. Seja pra um copo sujo na pia, seja pra um bom dia que você deixou de dar. Ter qualidade de vida vai além de um bom emprego, se dá na forma como você encara e vive a sua própria vida. Quando você toma a decisão de ir fazer uma caminhada àquela tarde de terça-feira porque te faz bem, ou quando você vai à igreja em um dia que não seja domingo, porque visitar o Pai sempre será a melhor decisão. Felicidade é uma escolha e a preguiça é sua inimiga. Tá bem?

Espero que esse texto tenha te ajudado. Até a próxima.  
Comentários
1 Comentários

1 :

  1. Cara, que texto. Parece que você fez ele pra mim... Minha vida é feita de exceções, pelo que eu parei para analisar e sim, está na hora de mudar isso, na verdade já passou da hora! Muito obrigado por esse post.

    Carol Justo | pink is not rose

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!