Ponto final

08/08/2017

Foto: Blog Depois dos Quinze
Hoje o dia amanheceu com uma luz diferente. O dia era meu e eu não tava sabendo. Levantei, fui tomar um banho e comecei a conversar com Deus, eu estava me sentindo bem como não me sentia há muito tempo.

Em meio aos pensamentos percebi o quanto fui imprudente em relação aos meus sentimentos para com as outras pessoas em muitos momentos. Eu simplesmente não conseguia, meus impulsos estavam sempre ali, meus sentimentos estavam sempre exagerados, então eles fluíam rapidamente atropelando tudo e eu falhava.

Eu notei que era tomada por sentimentos ilusórios. A minha mente criava sensações que invadiam meu coração e me faziam perder o controle, depois vinha o arrependimento. E era um martírio todo os dias perguntar a Deus: por que eu não sou uma pessoa boa para as pessoas que amo? 

Sentimentos intensos sempre tive, só não tão expostos. 

Mas parece que acordei. Hoje estou fechando mais um ciclo. 
Quero deixar para trás os erros cometidos. Quero deixar pra trás todas as manias ruins adquiridas e os sentimentos que poluem as minhas relações. Abandonar as inseguranças, a auto-sabotagem e o auto-julgamento.

Pensar em mim de uma maneira gentil.

Pensar em nós mesmos também é pensar nos outros, no fim. Buscar ser uma pessoa melhor, é buscar ser melhor para com as pessoas ao seu redor e o mundo. Então busque sempre ser bom para si, que o resto será feito por você sem ao menos perceber. 

Estava me sentindo mal, fazia muito tempo que não escrevia. Agora eu entendi que talvez eu precisasse desse tempo. Eu sempre gostei de trazer coisas reais. Ou melhor, de trazer respostas. Tudo começou assim e hoje é um recomeço pra mim. 

O ponto final de um ciclo que não foi muito bom, mas que foi necessário. 


Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e até a próxima!