Carta para o meu novo amor

20/10/2016



“Oi, amor. Como estamos?

Ainda não temos muito tempo, eu sei, mas você já me fez sentir tanta coisa que a cada dia que passa, que eu vejo a gente acontecer, eu tenho mais certeza de que é você.
Um dia eu acreditei em nunca mais amar, não porque não quisesse, só não acontecia. A paixão, o envolvimento, a entrega, a reciprocidade não acontecia. Eu perguntava à Deus qual era o objetivo disso. Seria possível amarmos apenas uma vez? Repensei meus relacionamentos e os ditei como etapas, cheguei à conclusão de que seria radical demais acreditar que o amor pra uma vida inteira seria só aquilo. E mais, percebi que, na verdade, para termos um amor, precisamos merecê-lo

Deus nunca quis me dar coisas poucas, e eu na época precisava de muito pra te ter. Como a gente espera receber algo bom, se não somos bons por nós mesmos? Fui então em busca de mim, resgatei minha essência, meus princípios, minha paz de espirito dia após dia, pra que quando você aparecesse, eu estivesse pronta.
    
Nesse processo, entendi que havia alguém em algum lugar, mas em momento algum cogitei aqui e me surpreendi quando você apareceu pra mim assim tão entregue, tão disposto, de forma tão natural, foi assim que eu soube, era Deus nos dando a oportunidade. Já senti diversas vezes que estamos juntos porque nos merecemos. Não sei qual a sua trajetória para chegar até mim, mas eu te garanto que ela foi necessária e cada coisa que aconteceu, foi conspirando a nosso favor pra esse momento de agora.  

Prometa que não vai se acostumar com o meu amor e nem com a minha beleza. Que não esqueceremos dos momentos felizes quando não estivermos bem. Que daqui pra frente a cada dia vai continuar a me admirar.

Estou te falando todas essas coisas porque desde que conheci o teu abraço, não tenho desejado estar em nem um outro lugar que não seja dentro dele. Quando penso na gente eu não imagino nem um outro destino que não seja a felicidade. 

Se desfaça das suas desilusões. Se tiver medo, ignore. Você não tem noção do quanto eu te quis e nem se quer irá imaginar o quão confortante é a sensação de olhar pra você e saber que está aqui. Não foi fácil te merecer, mas valeu tão a pena esperar por você.

Prometo não esquecer das tuas qualidades quando me deparar com teus defeitos.  Eu não tô aqui pra te fazer mal, se eu fizer isso, por favor me olha nos olhos, me segura firme e diz pra mim que eu não sou essa pessoa. Eu vim pra te fazer bem, talvez eu faça algo contrário em nome disso algumas vezes, mas sei que terá paciência pra entender que eu não farei pro nosso mal. Eu sei que de todos os desentendimentos que ainda teremos, tiraremos algum proveito. 

Comigo estará seguro, mas nunca acredite que já é o suficiente a ponto deixar de fazer por nós todos os dias. Somos iguais demais, teremos que tomar cuidado com isso algumas vezes, eu sei. Mas aprenderemos a lidar com a nossa intensidade juntos.
Nós vamos prestar atenção no nosso amor. Vamos conversar sobre tudo e sobre todos. Colecionaremos teorias sobre a prática da vida e ganharemos de presente os melhores pores-do-sol.

Seremos nós porque todas as tuas vontades são iguais as minhas, esperamos a mesma coisa do mundo e da gente mesmo. Talvez juntos sejamos a personificação da reciprocidade. Contigo eu não tenho medo de dar sem receber, tenho tanto da gente que não me sobra mais espaço pra insegurança, eu já não tenho medo da solidão. Eu quero mesmo a cada dia mais dilatar essa tua pupila e te mostrar o amor de um jeito que você nunca viu. 

Te darei o meu melhor bom dia, porque você tem sido tudo aquilo que eu sempre quis. A gente se atrai, a gente se quer bem, a gente se deseja intenso. Tudo tem mais cor agora. Vamos dançar todas as canções e nem um tempo no fim vai ser suficiente.

Que a gente nunca deixe de ver graça um no outro. Que façamos sempre como se tudo fosse pela primeira vez. Eu te darei de graça todo o meu bem. Prevejo que aquelas coisas que hoje são tão minhas, logo serão totalmente nossas, afinal, eu não poderia ter ao meu lado alguém que não entendesse a minha poesia.

Eu gosto das suas recepções, da forma como você tem cuidado com o que fala e com o que faz comigo. Gosto quando você faz de tudo pra me ajudar em coisas que eu nem preciso de ajuda. Quando me perguntam de você, seu nome se traduz em ‘gentil, cavalheiro e proteto’, de uma só vez. Quando olho pra você, sinto-me feliz por estar ao seu lado. É assim que o amor acontece. Eu tenho certeza que um dia ainda terei muito orgulho de dizer que te amo”.
Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e até a próxima!