134 dias sem você

24/10/2016

Imagem: Pinterest


     Desde que você se foi muita coisa mudou, já faz algum tempo, mas ainda é difícil falar de você. Os primeiros dias foram os piores, lembro-me de não ter fome, vontade de levantar, de sair, de voltar pra casa. 

    Conviver com a presença da sua ausência foi um processo complicado. Irreal, doloroso, anestésico, vazio... No começo parecia que eu não estava vivendo a minha vida, foi aí que eu percebi que já não sabia como era viver uma vida sem você nela. Os dias seguintes deveriam ser melhores, mas não foram. A ficha foi caindo, a sua falta gritando dentro de mim, confesso que havia dias que protelei muitas coisas porque tudo o que eu só sentia vontade de fazer era chorar, o meu corpo todo chorava

     Quando volto para casa, não tem ninguém me esperando, não tem olhar amoroso, afago, saltos de alegria, não tem você se certificando que eu estou bem. Dia após dia fui me sentindo assim, depois não sentia nada, flutuei vários dias na minha própria vida que eu não sei nem dizer o que se passou, porque eu não me lembro, estive em verdadeiro piloto automático.

     Minha mãe fez muita coisa pra me animar, dessa vez eu estava realmente triste. Doces, séries, passeios, nada adiantava. Ela me levava pra passear pela cidade todos os dias, eu inventava mil coisas para fazer na rua, mas muitas vezes eu nem tinha nada pra fazer, eu só não queria mesmo ter que voltar pra casa e dar de cara com o vazio. Houveram momentos que eu posso jurar que senti seu cheiro, ouvia seus latidos e ruídos, eu conhecia todos! Até hoje fecho o portão da frente com rapidez com medo da sua fuga, mas logo lembro de que não há por que fazer isso. Olho para os seus lugares, você não estará lá. Você nunca está.

     Procurei você por semanas, todos os dias, até tarde da noite. Nada. Aprendi que a perda de um amigo dói muito mais que desilusão amorosa. Por que tão de repente? Eu que te amei tanto fiquei sozinha sem nada de você. Eu perdi o meu melhor amigo e sua partida será sempre um mistério.

     Você foi a melhor coisa do mundo, disso eu nunca tive dúvidas. Você fez muito por mim e sem soltar uma só palavra me ensinou muito sobre amor, o suficiente sobre lealdade e tudo sobre coragem, e eu não fui nem capaz de te encontrar! Eu sinto tanta saudade de você. Sei que jamais vai ler isso, mas sei também que onde quer que você esteja poderá sentir o meu amor. Seguirei sempre com a felicidade de ter tido a oportunidade de ter você e honra do teu amor, mas mesmo com todas as alegrias, o vazio há de me acompanhar aonde quer que eu vá para sempre.
Comentários
1 Comentários

1 comentários:

  1. Me emocionei em cada palavra. E só me veio na cabeça: que pena que eles não são pra sempre. Não gosto nem de imaginar quando os meus bichinhos irão partir, acho que não saberia viver sem eles. Eles acabam fazendo parte da gente e quando se vão, esse vazio talvez nunca seja preenchido. Mas pense em todas ás vezes que vocês foram felizes juntos e que todo amor que você pode dar, você deu. E que ele foi feliz no "pequeno infinito" de vocês, que virou apenas lembranças, as melhores lembranças que você poderia ter <3

    www.blogfeeminices.blogspot.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!