Carta para mim no passado

26/01/2016



“Oi Nay, eu sou você daqui há uns 13 anos.
Sabe, eu tenho pensado muito em você. Tem coisas que eu gostaria de te falar...
Eu sei que você ainda pensa que o papai não lhe ama, mas ele ama sim. Sei também que a mamãe já te falou isso incontáveis vezes, que você não acredita nisso e que mesmo que a intenção dela seja boa, você não se sente melhor. Mas eu já vivi, eu sei o que vai acontecer e acredite, mesmo com alguns desentendimentos, algumas lágrimas que ele vai te fazer soltar, ele te ama do jeito que a mamãe diz, do jeito dele. Mesmo que pareça que ele não merece, dê amor à ele. Já é ruim quando se tem pouco, imagine só quando não se tem nada.
Aprenda a zelar pelas suas coisas, mamãe e você vão brigar bastante por isso. Você tá criança agora, mas vai chegar uma fase em sua vida que você vai sentir preguiça das coisas, por favor, não deixe que isso te consuma, pois tô lutando contra até hoje. E além do mais, sabe o cachorrinho que você tanto quer? Daqui há uns anos você vai tê-lo nos seus braços, ele é o cachorro mais especial do mundo. Cuide bem dele, bem melhor do que eu fiz e ainda faço. Você vai ama-lo tanto que quando pensar nele vai sentir vontade de chorar.
Eu sei que a tia Bena às vezes é meio chata agora, mas ela realmente cuida de você porque te ama muito. Para ela você é a garota mais bonita do mundo! Vocês vão ser grandes amigas no futuro. Vão cuidar uma da outra, ela vai te proteger igual como o Pelado¹ faz. Inclusive, ele vai sentir ciúmes de você pro resto da vida, e ainda vai te deixar fazer o que você quiser. Mesmo quando você tiver vinte anos, ele ainda vai te carregar no colo e você vai se sentir da mesma forma que se sente agora. Sabe os sanduíches que você prometeu fazer pra ele quando crescesse? Faça, ele vai cobrar. Eles vão ter um bebê agora né? A Isabela.

 Ame ela como se fosse o tesouro mais precioso e frágil do mundo. Titia vai ter muito cuidado com ela, por isso, não vai deixar que você chegue muito perto às vezes, vai dar um pouco de raiva disso, porque a Bela aprende e com uma certa idade ela vai começar a te rejeitar um pouco, mas não alimente isso. Deixa passar, vocês têm que ser próximas, ela e tão linda, um pouco estabanada, mas você não vai conseguir nem imaginar sua vida sem ela. Você vai sentir um pouco – muito – de ciúmes do Pelado, mas faz parte. Você ainda vai ser única pra ele de algum jeito, acredite.
Na escola eu sei que as coisas não são tanto como você gostaria. Sei que às vezes te excluem, sei que isso te deixa chateada. Crianças são cruéis, mas saiba, você e a Taiany serão melhores amigas, mesmo depois do acidente com seu braço. Este ano completamos 15 anos de amizade. Você vai conhecer pessoas que vão permanecer com você pelo resto da sua vida, acredito eu, porque hoje, aos nossos vinte, elas ainda estão aqui. Sabia que você e o Ruilan se tornarão grandes amigos?! Tenha paciência com as suas amizades, o que é seu e verdadeiro, virá no tempo certo. E continue desse jeito, sendo bondosa e dedicada, eu sempre me orgulhei disso em você, sua lealdade com suas amigas. E não, você nunca vai fazer parte do grupinho popular da sua sala – pra sua sorte.
Eu sei que algumas pessoas te desencorajam, mas menina, você tem talento. Aprenda a confiar mais nas suas opiniões, mesmo quando te disserem o contrário. Não sinta vergonha das coisas que você gosta, das vontades que tem também. E uma coisa importante sobre você, que eu gostaria muito, é que você não parasse de falar sozinha. Não, não é estranho, assim você vai se conhecer assim e com o tempo, vai entender que você não está falando só. Você vai passar por situações que vão te deixar chateada algumas vezes, outras até vão te tirar completamente do sério, por isso você tem que ser forte e é em você mesma que você vai encontrar essa força pra ultrapassar tudo. E assim aprender lições valiosas sobre como manter as pessoas por perto. O reconhecimento vem com o tempo.
E por favor, NÃO TENHA VERGONHA DE SE EXPOR. Não tenha vergonha de se vestir do jeito que você gosta. Se pra você estiver bonito, use.
Mais uma coisinha, obedeça mais a mamãe.
Todas as coisas que ela faz é por você. Presta mais atenção nas lições que ela quer te passar. Suas verdades mais absolutas serão ensinadas por ela. E visite mais a vovó e o vovô, ela vai te ensinar a fazer biscoitos.

Nota¹: Pelado, apelido de infância, tio protetor, fez papel de pai e é a sua pessoa favorita no mundo.
Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Ah, que lindo!! Eu adorei a ideia de uma carta pra você no passado e gostei da forma como falou as coisas! <3 Flores de Novembro

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo! Adorei! Em muitas partes você poderia perfeitamente estar escrevendo para mim, não só no passado, mas ainda hoje. Sério, esse texto me tocou, pois eu me vi, e comecei a pensar em coisas que sinto desde que me entendo por gente. Enfim, parabéns!

    doisjeitos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tem um pouco de olho nas minhas lagrimas! kkkk
    Adorei o post, lindo de mais, e você escreve bem de mais moça!

    ResponderExcluir
  4. Lindo, me emocionou S2

    bomhumornaosaidemoda.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Afff, que post mais lindo cara <3. Muito lindo mesmo :')
    Adoro essa ideia da carta para o seu eu passado, acho que é sempre bom vermos como as coisas mudam, como evoluímos e principalmente, como o mundo da voltas. Enfim, sua carta ficou muito amor e fico feliz por você ter compartilhado tantos pontos da sua vida com a gente *-*

    Beijos!
    Clareando Ideias

    ResponderExcluir
  6. Que lindo esse texto, cada frase carrega milhares de emoções que dá pra sentir daqui <3 amei

    http://blogcarlosabreu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que carta mais amoor!!!
    Ficou perfeita cara, serio mesmo <3

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!