Sobre ser intuitivo

06/07/2015

Foto: Tumblr
Eu já tinha ouvido falar, mas nunca me atentei em procurar saber o que realmente era, e nem imaginava que era aquilo que eu sentia.

Na minha infância, quando acontecia algo no meu cotidiano, eu tinha imaginação do que poderia ser o resultado. Mas achava que todo mundo era assim. Depois eu descobri que aquilo era uma coisa chamada “intuição”. 

Intuição é um grito silencioso dentro da gente, tem que saber ouvir. Se não, vai ser só um talvez. Intuição é quando você sabe o que fazer, você sente por qual caminho deve seguir, o chão que deve pisar. Para o que deve abrir os braços e receber, e o que deve deixar pra lá.

Depois que eu descobri isso eu passei a me conhecer mais, a me ouvir, a me respeitar mais e fazer sempre o que era certo pra mim, mesmo que minha vontade fosse outra. E sempre, sempre que eu desviava disso, alguma coisa ocorria pra mim de forma negativa e eu me sentia mal, como se eu tivesse traído a mim mesma por não ter acreditado em mim. Parece meio bobo falando assim, mas é exatamente isso que acontece. Não sei se alguém vai se identificar com isso – eu sinceramente espero que sim. 
 
Se a sua intuição diz algo e você toma um caminho diferente, acredito que logo sua vida inteira muda de roteiro, porque com a sua escolha você muda o rumo das coisas, e a partir daí você vai ter que tentar encontrar um outro caminho para se sair bem. E vai ser sempre assim. Então tome cuidado com as suas escolhas. Deus prepara tudo. Não é o destino, nunca foi. É Deus. E quando você toma a decisão de fazer alguma coisa diferente daquilo que Ele escreveu pra você – sim você pode escolher –, você tá mudando a história, então terá de encaixar tudo novamente. Dê ouvidos.

Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e até a próxima!