Quando bate a vontade de mudar

27/07/2015

Foto: Tumblr


Sempre haverá momentos que estaremos bem, outros nem tanto. Eu chamo isso de fases. E como eu já falei aqui, nossa vida é feita delas. 

Vez em quando não estou numa fase tão boa, dentro de mim está uma bagunça total. Eu pensava que isso era coisa da adolescência, não sei se é, mas aos vinte ainda tenho. Daí então, ponho-me a analisar tudo o que se passa ao meu redor e influencia para o bem e para o mal. Já faz tempo que eu aprendi a distinguir esse tipo de coisa. O que eu parei de fazer, foi alguma coisa para que isso passasse. 

Antes quando esses momentos aconteciam, eu simplesmente me lotava de coisas que faziam eu me sentir bem. Dava e sei que ainda dá certo até hoje. O que mudou em mim foi a disposição para fazer. 

Eu já notei que no mundo adulto tudo é muito complicado, as pessoas estão quase sempre com pressa e sempre haverá alguma responsabilidade a se cumprir. Eu aprendi também que hoje, mais do que antes, é necessário fazer escolhas. Se você quer ter algo, você quase sempre terá que deixar outra coisa para trás (ou pra depois). A nossa rotina tá sempre cheia demais. Hoje eu já não visito meus amigos, eu não acompanho minhas séries, não paro pra ver filme, não termino um livro há mais de um mês, não passeio com Gino, nem conheço gente nova. Por quê? Porque to sempre cansada. E eu já percebi que na maioria das vezes esse cansaço não é físico, vai além disso, é algo que vem de dentro, não do coração, mas da mente.
 
Eu já falei outras vezes que o cérebro é quem manda. A gente diz “o coração”, porque é uma forma bonitinha de dizer que algo ou alguém faz algum tipo de hormônio borbulhar na gente, mas ele é o gerente de todo nosso corpo, manda e desmanda nas coisas que a gente sente. E eu? Sinto cansaço. O cansaço mental, abre espaço para a manifestação do meu “cansaço físico”, quase sempre imaginário. Não que eu seja de ferro, mas não é possível que eu não dê conta do recado, já que sou eu quem escolhe as coisas que eu quero fazer.  E depois de dar essa revirada para esclarecer como funciona a coisa toda, eu cheguei no ponto onde eu gostaria de chegar. Tudo. Só. Depende. De. Mim.

Eu me cansei de estar cansada! Não quero mais me deitar no sofá e procrastinar o resto do meu tempo livre. Eu quero rever as pessoas, ajudar meus amigos quando eles precisarem de mim, quero não sentir preguiça de fotografar meus tutoriais, nem de arrumar meu quarto – até porque eu odeio bagunça. Quero me fazer presente na vida das pessoas que eu gosto. Quero aproveitar oportunidades. Melhorar no que eu já sei fazer. Começar a ler os livros que estão em espera. Atualizar Pretty Little Liars e depois começar uma série nova. Quero conhecer melhor a minha irmã mais nova. E quero muito mesmo dar a início aos projetos grandes da minha vida.


Ufa! Acho que era isso que eu estava precisando para tudo se acertar. Essa coisa do bom e velho desabafo.
Comentários
10 Comentários

10 comentários:

  1. Desabafar faz bem! ainda que seja virtualmente...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Falei disso no começo do ano. Desse hábito de sentar e ver a vida passar. Eu tomei a atitude de sacudir e sair do lugar, mas ainda me vejo procrastinando e empurrando a vida com a barriga.

    Espero que um dia isso passe.

    beijo meu,
    MF | www.fernandaprobst.com.br

    ResponderExcluir
  3. Hey Moça, como vai?

    Concordo muito com o último paragrafo! Me identifiquei dms com o texto, meus parabéns!

    Convido a você para conhecer o meu blog, o Moda Possessiva, será um prazer recebe-la por lá! E por favor, quando tiver um novo post comente lá no meu blog para que eu possa vir correndo ler mais coisinhas..

    Um Super Beijo...

    Att. Thays Alkmin

    www.modapossessiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Que reflexão consciente. Acho que é isso mesmo: o mundo adulto é todo rápido. Pouca gente se importa, mas a gente pode ser a pessoa que queríamos ter por perto! Levantar do sofá é o primeiro passo. Que essa nova fase seja boa pra você, e que acima de tudo, seja divertida!

    Beijo.

    www.eurenata.com

    ResponderExcluir
  5. Eu adorei ler o que você escreveu porque me identifico com tudo. Acho que é da idade mesmo xD Também me sinto sempre mentalmente cansada e sem vontade de fazer nada. O que nos faz falta é mesmo essa atitude de "eu quero e vou fazer".

    MORNING DREAMS

    Sofia Silva, Beijos*

    ResponderExcluir
  6. • Muito obrigada, Renata ♥
    Vamo que vamo!


    • Exatamente, Sofia! Parece que algo de dentro impede. Mas bora lá, vamo lutar contra!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Identifiquei-me imenso com o texto.. Adorei:)
    Gostei muito do blog e já estou a seguir! :) Visite o meu se interessar! :)
    xoxo, Ana

    The Insomniac Owl Blog

    ResponderExcluir
  8. Texto Lindo Nay, to aqui lendo seu blog todo <3
    A gente nunca vai estar completamente preparado para tudo que vai acontecer na nossa vida, se bagunçar é normal e faz parte de todo o crescimento que precisamos ter até de fato nos transformamos no que de fato somos. Mas o que diferencia as pessoas que tem preguiça de lutar das pessoas que vão atrás dos seus sonhos, é justamente a vontade de sair do lugar, de se mexer. Fico feliz que esteja enxergando as coisas dessa maneira, é um começo maravilhoso para abraçar a vida.
    Beijos linda, sucesso e muita luz para você :)

    ResponderExcluir
  9. Você conseguiu descrever exatamente como funciona a coisa toda! Amei seu comentário.
    Muito obrigada, Nanda <3
    Fico feliz que tenha gostado.

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e até a próxima!